navbar

BOMBA H: Coréia do Norte diz ter bomba termonuclear e explosão de grande magnitude é detectada em local de testes

Presidente Trump considera ampliar sanções a Coréia do Norte contra todos os países que mantiverem negócios com a ditadura comunista

O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, prometeu “uma resposta militar massiva” a qualquer ameaça da Coréia do Norte contra os norte-americanos ou seus aliados. O pronunciamento foi realizado em frente à Casa Branca após a reunião com o presidente Donald Trump, o vice-presidente, Mike Pence e os conselheiros de segurança nacional.

43E02BE500000578-4848346-US_Secretary_of_Defense_James_Mattis_appeared_outside_the_White_-m-7_1504468412211

Mattis afirmou que Donald Trump quer ser informado de todas as opções militares para lidar com uma ameaça de ataque nuclear da Coréia do Norte. O país asiático anunciou na madrugada deste domingo (03/09) através de um teste com uma bomba de hidrogênio.

“Qualquer ameaça para os Estados Unidos ou seus territórios, incluindo Guam, ou nossos aliados será encontrada com uma resposta militar maciça, uma resposta eficaz e esmagadora”, afirmou James Mattis, destacando o comprometimento entre os aliados.

“Não queremos aniquilar nenhuma país, como a Coréia do Norte, mas temos muitas opções para fazê-lo”, advertindo o ditador norte-coreano, Kim Jong-un.

O presidente Donald Trump afirmou hoje que eram “hostis” e “perigosas” as ações de Pyongyang e considerou que uma política de “apaziguamento” com o regime comunista norte-coreano não funcionaria. Trump postou em sua conta oficial no Twitter que está considerando entre outras opções, de parar qualquer tipo de comércio com países que realizam negócios com a Coréia do Norte.

No encontro do Brics, realizado nesse final de semana na China, o grupo também condenou os testes nucleares norte-coreanos e pedirá reforço do diálogo com a ditadura comunista.

43DB2CE500000578-4847508-image-a-33_1504422472554O secretário das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Boris Johnson, advertiu o presidente Donald Trump de que medidas militares contra a Coréia do Norte poderia provocar Kim Jong-un em vaporizar milhões de sul-coreanos, mesmo com armamentos convencionais, não nucleares. Ele lembrou que a China ser responsável por 90% do comércio com a Coréia do Norte.

 

Governo brasileiro emite nota sobre teste nuclear norte-coreano

Nota 297 – Teste nuclear pela Coreia do Norte

03 de setembro de 2017 – 10:45

O governo brasileiro condena veementemente o teste nuclear conduzido pela República Popular Democrática da Coreia (RPDC) neste domingo, 3 de setembro. O exercício militar que teria envolvido a detonação de bomba de hidrogênio constitui inaceitável ato de desestabilização da segurança na região.

O Governo brasileiro reitera seu apoio às resoluções aprovadas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas e insta o Governo da Coreia do Norte a cumpri-las plenamente. É fundamental que se restabeleçam as condições para negociações de paz na península coreana.

O Brasil foi um dos líderes das negociações que resultaram na recente adoção, no âmbito da Organização das Nações Unidas, do Tratado de Proibição de Armas Nucleares. O uso pacífico da tecnologia nuclear é compromisso expresso na Constituição Federal do país.

O BRASIL DO LADO DOS MANIPULADORES DA CORÉIA DO NORTE Ministro das Relações Exteriores do Brasil, o “ex-terrorista” Aloysio Nunes, celebra ida de Temer ao encontro de Cúpula do Brics e o total envolvimento do país com o “centro gravitacional” político e econômico russo-chinês

Parceria para o século XXI (O Globo, 31/08/2017)

Por Aloysio Nunes Ferreira

Hoje, o presidente Michel Temer iniciará visita de Estado à China, onde participará também da Cúpula de Chefes de Estado e Governo do Brics… Sua presença naquele país é mais um passo na consolidação de uma parceria de sucesso, que se tem traduzido no estreitamento do diálogo sobre questões globais e em mais investimentos e comércio. A China é um ator central nas relações internacionais do nosso século e será, em pouco tempo, a maior economia do planeta. É o nosso maior parceiro comercial, principal importador de produtos brasileiros e fonte de investimentos fundamentais para a modernização da economia brasileira. Tem também peso crescente em áreas de interesse brasileiro e global, como paz e segurança, mudança do clima, comércio internacional e governança financeira.

aloysio-nunes-ferreira-mariguella

Aloysio Nunes Ferreira foi um dos principais auxilares do terrorista comunista Carlos Marighella, na organização guerrilheira ALN, que já na década de 1960 queria implantar uma ditadura comunista aos moldes chineses

Tanto o diálogo com a China quanto a cooperação no âmbito do Brics são fundamentais para a projeção de nossos interesses e valores em um contexto internacional marcado pelo deslocamento do centro de gravidade econômica e política global em direção ao continente asiático. A visita do presidente Temer fortalecerá a parceria de sucesso com a China, uma parceria que não apenas beneficia ambos os países, mas contribui igualmente para a consolidação de uma ordem internacional mais justa, equilibrada e racional no século XXI.

TERREMOTO EM ÁREA DE TESTES NUCLEARES DA CORÉIA DO NORTE APÓS ANÚNCIO DA BOMBA DE HIDROGÊNIO

“Explosão” detectada no local de teste nuclear subterrâneo da Coréia do Norte

Mikael Thalen | Infowars.com – 2 DE SETEMBRO DE 2017

Um grande terremoto foi detectado na Coréia do Norte poucas horas depois que Pyongyang lançou fotos de uma suposta arma termonuclear.

De acordo com o Estado-Maior da Coréia do Sul, o terremoto veio de Punggyeri, que abriga o local de testes nucleares subterrâneos da Coréia do Norte. O United States Geological Survey (USGS), que monitora a atividade sísmica global, detectou um terremoto de magnitude 6,3, descrito como uma “explosão”, apenas a 0 km de profundidade. A China Earthquake Administration, que também detectou uma magnitude 6,3, e rotulou de maneira semelhante o incidente como uma “suspeita de explosão” no momento da publicação.

USGS

Os especialistas na Coréia do Norte observaram que o incidente ocorreu às 12:30 da tarde, hora da Coréia do Norte ou “na marca de meia hora”, o mesmo horário que foram observados o quarto e o quinto testes nucleares do país. O Japão está atualmente medindo a magnitude do terremoto em 6.1, enquanto os EUA e a China permanecem em 6.3. Os números, que continuam a ser ajustados à medida que mais informações se tornam disponíveis, podendo mudar. Especialistas também disseram que o tremor de magnitude 6.3 seria consistente com uma explosão termonuclear, gerado por uma bomba de hidrogênio. A China reportou mais tarde um segundo terremoto, magnitude 4.6, devido a um colapso subterrâneo após a explosão. A Coréia do Norte, horas antes do terremoto, lançou fotos do que disse ser uma bomba de hidrogênio. “O Instituto recentemente conseguiu fazer uma arma nuclear mais desenvolvida, fiel à intenção estratégica do WPK em trazer um indicador de mudanças nas armas nucleares”, informou a mídia estatal norte-coreana KCNA.

Ainda é dúvida se Pyongyang conseguiu miniaturizar com sucesso seu armamento nuclear e se possui uma bomba H que funciona, mas a KCNA citou Kim dizendo que “todos os componentes da bomba H foram 100% fabricados” pela Coreia do Norte.

Este artigo continuará a ser atualizado à medida que mais informações estiverem disponíveis

BOMBA ATÔMICA

littleboy-atomic-bomb
1. A bomba atômica que você vê ao lado é a Little Boy (“Garotinho”), que arrasou a cidade de Hiroshima, em 1945. O funcionamento da arma começa quando uma carga de explosivo convencional, como dinamite, é acionada à distância e explode

2. O choque da explosão impulsiona uma bala de urânio-235 sobre uma esfera feita do mesmo material. Esse impacto dá origem às reações de fissão, a quebra dos núcleos dos átomos que vão liberar energia

3. Com a trombada, os instáveis e pesados átomos de urânio-235 arrebentam, liberando energia e nêutrons que dão continuidade à reação. Cada átomo que se rompe solta novos nêutrons que quebram mais núcleos, num efeito em cadeia que desprende cada vez mais energia

1017b03d636d43d56b771509f4036758

BOMBA DE HIDROGÊNIO

hbomb1. Na bomba de hidrogênio, a espoleta utilizada não é um explosivo convencional, mas uma bomba atômica como a de Hiroshima. Novamente, o momento do estouro dessa carga é determinado por meio de um controle remoto

2. Essa explosão atinge um compartimento cheio de composto de lítio, transformando essa substância em deutério e trítio. Os átomos desses elementos são isótopos, ou seja, “parentes diretos” do hidrogênio — daí vem o nome da bomba. Todos possuem apenas um próton, mas com quantidades diferentes de nêutrons

3. Por serem bem leves e estarem submetidos a altíssima temperatura, os átomos de deutério e trítio tendem a se unir, criando um átomo de hélio mais leve que os dois anteriores somados. A massa que sobra dá origem à energia da bomba

 

Coréia do Norte diz ter desenvolvido bomba termonuclear de hidrogênio

MM00258881

Fonte: http://kcna.kp

Via WSJ

A SEOUL – A Coréia do Norte disse que “conseguiu fazer uma bomba de hidrogênio mais desenvolvida” e montá-la na ponta de um míssil de longo alcance, ameaçando com uma explosão nuclear de grande altitude, algo que os especialistas temem e que isso poderia acabar com as redes elétricas nos EUA.

O líder Kim Jong Un inspecionou uma bomba de hidrogênio montada em um novo míssil balístico intercontinental, enquanto visitava o Instituto de Armas Nucleares, noticiado na mídia norte da Coréia nesse domingo. A mídia estatal também publicou o que os especialistas disseram que poderiam ser as primeiras fotos de uma suposta bomba de hidrogênio.

Na notícia Kim Jong Un se vangloria de que todos os componentes de sua arma termonuclear são caseiros, isolando e protegendo o programa de armas nucleares das sanções e “permitindo ao país produzir armas nucleares poderosas, tanto quanto quiser”.

As reivindicações não puderam ser verificadas e o relatório não especificou a data da visita.

Mais tarde nesse domingo, a Coréia do Norte pareceu realizar um sexto teste nuclear. O US Geological Survey registrou o que chamou de “possível explosão” de magnitude 6.3 no nordeste do país, perto do local de testes nucleares anteriores. Um porta-voz do governo sul-coreano disse que as autoridades ainda estavam tentando verificar o incidente.

Antes do possível teste nuclear, a Casa Branca disse que o presidente Donald Trump falou com o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe para “discutir os esforços em curso para maximizar a pressão sobre a Coréia do Norte”. Ele disse que os líderes “reafirmaram a importância de uma estreita cooperação entre os Estados Unidos, Japão e Coréia do Sul diante da crescente ameaça da Coréia do Norte “.

O Sr. Abe disse aos repórteres que ele e o Sr. Trump concordaram em trabalhar em estreita colaboração para aumentar a pressão sobre a Coréia do Norte. Foi a terceira discussão por telefone desde que Pyongyang lançou um míssil sobre o Japão no dia 29 de agosto.

O relatório norte-coreano vem depois de uma série de testes este ano que exibiram as capacidades dos mísseis do país e ameaçaram seus vizinhos. A Coréia do Norte afirma que pode alcançar grande parte dos EUA continental com um míssil de longo alcance, embora os especialistas digam que a distância do míssil seria limitada pelo tamanho de qualquer ogiva que estava montada nela.

O cepticismo permanece quanto ao fato de o Norte poder fazer uma ogiva pequena o suficiente para caber na ponta de um míssil, bem como se qualquer ogiva do míssil norte-coreano seja suficientemente robusta para sobreviver ao reentrada através da atmosfera terrestre.

A Coreia do Norte realizou um par de testes nucleares no ano passado, incluindo um ocorrido a um ano atrás e que Pyongyang afirmou ter sido uma bomba de hidrogênio .

Os especialistas dos EUA, no entanto, suspeitam se essas explosões foram grandes o suficiente para serem bombas de hidrogênio, embora poucos questionem a determinação de Pyongyang de dominar a tecnologia e desenvolver tais armas.

Em fotos publicadas pela mídia estatal norte-coreana ao lado de seu relatório de domingo, o Kim Jong Un foi visto gesticulando diante de um dispositivo bulboso metálico, que parecia capaz de conter os dois dispositivos nucleares necessários para uma explosão termonuclear, bem como uma possível capa externa para o dispositivo.

Ameaça dos mísseis da Coréia do Norte

“Há muitas coisas que são plausíveis sobre isso … mas não temos visão de raios-X, então não podemos ver o que realmente acontece”, disse Melissa Hanham, associada de pesquisa sênior do Middlebury Institute of International Studies in Monterey, Califórnia, que disse acreditar que o Norte estava mostrando o dispositivo antes de um possível teste.

Uma bomba de hidrogênio – tecnicamente conhecida como “arma termonuclear” – geralmente usa uma explosão atômica primária menor para inflamar uma explosão secundária e muito maior. O primeiro estágio baseia-se na fissão nuclear – a divisão dos átomos – e a segunda na fusão nuclear, que combina átomos, esmagando-os e desencadeando mais energia. Podem ser adicionados estágios adicionais para aumentar sua força destrutiva.

Isso torna a bomba H mais poderosa do que as armas nucleares iniciais que tipicamente usavam uma explosão de um único estágio baseada apenas na fissão nuclear. Essas armas são conhecidas como dispositivos de “fissão pura” e são pensadas para terem sido usadas em todos os três testes nucleares anteriores da Coréia do Norte, que diziam envolverem bombas atômicas.

De acordo com o relatório da Coréia do Norte nesse domingo, Kim Jong Un assistiu uma nova bomba de hidrogênio atualizada em um novo míssil de longo alcance. A bomba possui um poder explosivo que pode atingir centenas de quilômetros, segundo o relatório norte-coreano.

Kim também citou especificamente a possibilidade de um pulso eletromagnético, ou ataque Pulsos Eletromagnéticos (Electromagnetic Pulse – EMP). As discussões sobre o medo de um ataque de EMP pela Coréia do Norte circularam durante anos entre algumas autoridades políticas dos EUA, embora outros tenham descartado abertamente a possibilidade de Pyongyang lançar tal ataque.

Em um ataque EMP, a Coreia do Norte conduziria uma detonação nuclear de grande altitude sobre os EUA. A detonação poderia emitir um sinal eletromagnético breve mas poderoso, capaz de perturbar as faixas das redes elétricas dos EUA, dizem os especialistas.

A Sra. Hanham disse que enquanto tal ataque era teoricamente possível, os objetivos da Coréia do Norte tornam mais provável que Pyongyang tente seguir sua ameaça lançar um míssil nuclear contra uma grande cidade americana.

Em última análise, ela diz, a declaração de domingo de Pyongyang “é uma propaganda destinada a enviar uma mensagem aos EUA de que eles são uma potência nuclear, que devem ser levados a sério e que não devemos mexer com eles”.

“Eles estão tentando nos aterrorizar”, disse Hanham.

-Alastair Gale em Tóquio contribuiu para este artigo.

Escreva para Jonathan Cheng em jonathan.cheng@wsj.com

email

, , , , , , , , , , , , ,

  • Bruno

    NukeMap: Serviço permite visualizar as áreas afetadas por uma explosão de uma bomba nuclear
    https://nuclearsecrecy.com/nukemap/

    Survival Ring: Site disponibiliza antigos manuais de defesa civil
    http://www.survivalring.org

  • Sheila Thome

    Boa noite Alex e ouvintes da Rádio Vox.

  • Nathanael Giglio

    Boa noite à todos !

  • Edson Ricardo

    Boa noite Alex. To chegando agora. Boa semana à todos.

  • Julio Cesar

    Boa noite Alex. Na escuta!

  • André Augusto

    Boa noite Amigos da Rádio Vox!!!!

  • Jorge de Moraes

    Boa noite Alex e amigos !

  • Jorge de Moraes

    Alex, estou também no Gab (gab.ai), a mais nova rede social do momento. Uma rede social livre e segura comandada pelo pessoal pró-Trump dos EUA (Texas), que, cansados de serem bloqueados no Twitter, criaram a rede do sapinho (o logotipo é um sapinho). Em pouco tempo se tornou um ponto de encontro de patriotas e conservadores americanos. O Alex Jones está lá. O Vô Joaquim também. Apoiadores do Bolsonaro idem. Eu recomendo muito Alex ! É como o Twitter, mas com mais espaço. Eles dão 300 caracteres. Pode publicar fotos e links. Em breve irão liberar chat e streaming. E não tem propaganda. Quem mantém a rede são os próprios usuários. Usuários PRO tem acesso à mais recursos, como extras e contas verificadas. O meu perfil do Gab é @jorgemoraes

  • André Augusto

    Será que com esse confronto entre a Coréia do Norte e os Estados Undios, será lançada uma investida midiática mundial contra os EUA afim de moldar o pensamento, onde, a Rússia ou China serão colocadas como opção de polo moral mundial?

  • Luiz O. Martins

    Boa noite Alex e amigos!

  • Jorge de Moraes

    Sobre a CNBB publiquei isso ontem:

    Hoje na Missa o padre informou os fiéis que as Missas da próxima semana, sábado e Domingo, farão coleta para a ‘reforma da sede da CNBB’, segundo ele a CNBB é a ‘autoridade máxima dos bispos do Brasil’.
    Errado padre !
    A CNBB não é a autoridade máxima dos bispos. A autoridade máxima dos bispos é o Papa. A CNBB não manda em nada. Ela só é um órgão auxiliar da Igreja, que deveria ajudar os bispos na evangelização, mas não ajuda !
    A preocupação maior da CNBB, desde a sua origem é ajudar os comunistas a chegar e a se manter no poder. É por isso que ela apoia o MST, os movimentos sociais, o desarmamento, os direitos humanos, etc.
    Sabem o que eu vou fazer na próxima coleta ?
    Não vou dar nenhum centavo para essa organização revolucionária !
    #PeloFimDaCNBB

  • Jorge de Moraes

    CNBB negou apoiou à bispo que condenou o PT em 2010 e foi perseguido por isso.

    Como pode ser católica uma porcaria dessas ?

    #PeloFimDaCNBBEuVotoSim

    http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/noticia/2010/10/para-presidente-da-cnbb-bispo-de-guarulhos-agiu-dentro-da-normalidade.html

  • Jorge de Moraes

    Se o Brasil está do jeito que está agradeçam à CNBB e à Rede Globo. A primeira destruiu a fé de muitos católicos e transformou a Igreja do Brasil em megafone do movimento revolucionário.
    A Globo destruiu a imaginação do povo e o conduziu alegremente ao caminho da perversão e da morte.

  • Jorge de Moraes

    Quero saber de onde veio esta mentira de que ‘a CNBB é autoridade máxima dos bispos, da Igreja no Brasil’. Quem disse isso, onde e quando ?

  • Jorge de Moraes

    A CNBB é como a Rede Globo. Ou acabamos com ela ou ela acaba com o Brasil ! #PeloFimDaCNBBEuVotoSim

  • Jorge de Moraes

    CNBB é a favor da invasão de terras por ‘indígenas’, protege bandidos menores de idade e a favor do desarmamento da população.

    Como pode ser católica uma porcaria dessas ?

    #PeloFimDaCNBBEuVotoSim

    https://noticias.cancaonova.com/brasil/cnbb-divulga-nota-sobre-projetos-em-tramitacao-no-congresso/

  • Jorge de Moraes

    CNBB é contra o desenvolvimento do Brasil.

    Como pode ser católica uma porcaria dessas ?

    #PeloFimDaCNBBEuVotoSim

    http://www.bbc.com/portuguese/brasil-41075791

  • Jorge de Moraes

    CNBB é contra a redução da burocracia trabalhista (que só serve para garantir as mamatas dos sindicatos comunistas ligados ao PT/Foro de São Paulo).

    Como pode ser católica uma porcaria dessas ?

    #PeloFimDaCNBBEuVotoSim

    http://www.mundosindical.com.br/Noticias/29864,-Entidades-sindicais-e-CNBB-se-unem-na-luta-pela-revogacao-da-%22reforma%22-trabalhista

  • Jorge de Moraes

    CNBB promove todo ano eventos revolucionários, como a Campanha da Fraternidade e o Grito dos Excluídos. Dentro da Igreja !

    Como pode ser católica uma porcaria dessas ?

    #PeloFimDaCNBBEuVotoSim

    http://cnbb.net.br/grito-dos-excluidos-por-direito-e-democracia-a-luta-e-todo-dia/

  • Jorge de Moraes

    Alex, a flexibilização das leis trabalhistas beneficia as empresas brasileiras também. Não é só chineses não. Estas leis são muito ultrapassadas ! Tinha que mexer nisso sim ! Elas só servem para garantir a mamata dos sindicatos !