navbar

População venezuelana revoltada ataca Nicolás Maduro em ato público

Ao finalizar um ato público na cidade de Sán Félix, no estado de Bolívar, ao sul do país, um grupo de pessoas jogou objetos contra o ditador narcoterrorista Nicolás Maduro, que foi protegido prontamente por sua equipe de guarda-costas.

Maduro participava do Bicentenário da Batalha de San Félix, acontecida em 1817. A revolta ocorreu quando o ditador abandonava a celebração.

“Cinco pessoas foram detidas por jogar objetos contundentes contra o veículo em que ia Nicolás Maduro”, escreveu o jornalista Pableysa Ostos na sua conta do Twitter.

Segundo o website Dolar Today, entre os detidos por jogar objetos contra o ditador venezuelano havia dois menores de idade, de acordo com o jornalista Daniel Blanco, na sua conta de Twitter.

Henry Ramos Allup, deputado opositor e que foi presidente do Parlamento Venezuelano publicou outra postagem relacinoda ao ato “cívico militar” que contou com a presença de Maduro nessa terça-feira, e ao final recebeu uma chuva de ofensas e a população em revolta contra a presença do tirano fantoche de Cuba.

Via Diario Las Américas

email

, , , , , , , , , , , , , ,